3 filmes com trilha sonoras apaixonantes

Oi, gente! No post de hoje vai rolar um mix de filmes e músicas que vocês vão amar, tenho certeza!

Então, a ideia desse post surgiu enquanto eu estava assistindo meu filme favorito da vida pela vigésima terceira vez (um pouco exagerada, talvez hahah): Into the wild ou Na natureza selvagem, como foi traduzido. Esse filme mexe muito comigo, e desperta um milhão de sentimentos diferentes.

Para que o post não fique muito longo, não vou dar minha opinião sobre cada filme em específico. Os três filmes selecionados estão na minha lista de favoritos e as respectivas trilha sonoras também!

Into the wild (2007)

342178-1243

into-the-wild-into-the-wild-09-01-2008-21-09-2007-3-g

Sinopse:

Início da década de 90. Christopher McCandless (Emile Hirsch) é um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade. Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca.

O filme é muito mais que essa sinopse possa expressar e, por essa razão, farei um post sobre ele em breve!

Essa trilha sonora é, com certeza, a minha favorita de todas. Quem canta todas as músicas é o Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam <3 (não sei se já citei aqui no blog, mas é minha banda favorita).

500 days of Summer (2009)

500-days-of-summer-500-days-of-summer-11124694-2559-1706scenes-from-the-film-500-days-of-summer-8397136-2400-16001

Sinopse:

Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) está em uma reunião com seu chefe, Vance (Clark Gregg), quando ele apresenta sua nova assistente, Summer Finn (Zooey Deschanel). Tom logo fica impressionado com sua beleza, o que faz com que tente, nas duas semanas seguintes, realizar algum tipo de contato. Sua grande chance surge quando seu melhor amigo o convida a ir em um karaokê, onde os colegas de trabalho costumam ir. Lá Tom encontra Summer. Eles também cantam e conversam sobre o amor, dando início a um relacionamento.

“This is a story of boy meets girl, but you should know upfront, this is not a love story.”

Gente, esse filme e essa trilha sonora me deixam feliz e triste ao mesmo tempo (é possível isso? Hahah). Essa trilha sonora tem um monte de músicas legais, mas a minha preferida, com certeza, é There is a light that never goes out (uma das minhas músicas favoritas da vida!). Além de ter The Smiths na trilha sonora, a banda é citada no filme algumas vezes <3

The perks of being a wallflower (2012)

622461_275017105932607_617661558_o elenco-de-as-vantagens-de-ser-invisivel-posa-para-foto-de-divulgacao-o-longa-foi-dirigido-por-stephen-chbosky-1349475916508_956x500

Sinopse:

Charlie (Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Sua professora de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si… até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), passam a andar com ele.

O filme é uma adaptação cinematográfica do livro homônimo publicado em 2007, e é um amor!

Essa trilha sonora é incrível, gente! Tem The Smiths (<3), David Bowie, The Samples e mais um monte de banda legal. Amo muito!

 

Espero muito que gostem dos livros e das trilhas sonoras!

Para me acompanhar nas redes sociais:

Twitter | Tumblr | Facebook | Instagram

 

 

 

 

Top 5: últimos filmes assistidos

Oieeee, gente! Com essa correria eu quase não tenho tempo de ver filmes, mas todo fim de semana tento ver pelo menos um. Hoje vou indicar à vocês os filmes mais legais que assisti desde o início do ano. É isso <3

O Abutre 

O-Abutre

Sinopse:

“Enfrentando dificuldades para conseguir um emprego formal, o jovem Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) decide entrar no agitado submundo do jornalismo criminal independente de Los Angeles. A fórmula é correr atrás de crimes e acidentes chocantes, registrar tudo e vender a história para veículos interessados.”

Gente, que filme! A atuação do Jake Gyllenhaal (esse lindo haha) é impecável, e seu personagem é bem profundo. O filme me prendeu do início ao fim. Depois que acabou, fiquei refletindo por muito (muito) tempo sobre o que as pessoas são capazes de fazer por ambição e, principalmente, a sociedade atual, que é faminta por notícias cada vez mais impactantes e chocantes.

O grande Hotel Budapeste 

The-Grand-Budapest-Hotel-Still

 Sinopse:

“No período entre as duas guerras mundiais, o famoso gerente de um hotel europeu conhece um jovem empregado e os dois tornam-se melhores amigos. Entre as aventuras vividas pelos dois, constam o roubo de um famoso quadro do Renascimento, a batalha pela grande fortuna de uma família e as transformações históricas durante a primeira metade do século XX.”

Esse filme me deixou apaixonada desde a primeira cena. A fotografia, os figurinos, a história, as personagens, tudo! A fotografia é simplesmente espetacular, cada parte de cada cenário se encaixa perfeitamente. É um filme leve, sobre um período histórico trágico. O filme tem como ambiente as duas Guerras Mundiais, ou seja, tinha tudo pra ser um filme triste e dramático. Entretanto, Wes Anderson inovou (mais uma vez, né?!) e fez esse filme extraordinário. Eu o vi pela primeira vez em 2014, e agora, no início desse ano, vi novamente. É um filme que vale a pena ver várias vezes, e que faz com que fiquemos cada vez mais encantados. Além de tudo, é um filme sobre lealdade <3

Whiplash – Em busca da perfeição

Whiplash-Em-Busca-da-Perfeição

 Sinopse:

“O solitário Andrew (Miles Teller) é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher (JK Simmons), Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental.”

Whiplash não me deixou desviar o olhar nem por um minuto. Sério! Esse filme me deixou totalmente focada nas cenas, principalmente quando Andrew era pressionado por seu professor durante os ensaios (praticamente durante o filme todo, rs). Li algumas críticas indicando o filme como “mais do mesmo” sobre superação. Porém, não o vejo assim. Entendo Whiplash como um filme sobre determinação. Embora Terence (o maestro) seja “completamente louco”, isso é o que impulsiona Andrew cada vez mais. A atuação do Miles Teller como Andrew é maravilhosa. Whiplash é um filme intenso, cruel e incrível.

Birdman ou (A inesperada virtude da ignorância) 

birdman_lullydeverdade_01

Sinopse:

“No passado, Riggan Thomson (Michael Keaton) fez muito sucesso interpretando o Birdman, um super-herói que se tornou um ícone cultural. Entretanto, desde que se recusou a estrelar o quarto filme com o personagem sua carreira começou a decair. Em busca da fama perdida e também do reconhecimento como ator, ele decide dirigir, roteirizar e estrelar a adaptação de um texto consagrado para a Broadway. Entretanto, em meio aos ensaios com o elenco formado por Mike Shiner (Edward Norton), Lesley (Naomi Watts) e Laura (Andrea Riseborough), Riggan precisa lidar com seu agente Brandon (Zach Galifianakis) e ainda uma estranha voz que insiste em permanecer em sua mente.”

Birdman me intrigou do início ao fim. O protagonista é um ator famoso por ter interpretado um papel de super-herói há anos. Riggan almeja reconhecimento por sua nova produção (que o próprio escreve, dirige e atua), já que está cansado de ser sempre lembrado como Birdman dos filmes de Hollywood. Michael Keaton, que interpreta Riggan, atuou como Batman no filme do Tim Burton, em 1989 e, desde então, sua carreira não teve muitos filmes marcantes. Irônico, não?! Pois é. A crítica feita no filme é fantástica. Além disso tudo, a atuação do Michal Keaton, da Emma Stone e do Edward Norton são sensacionais.

Boyhood

boyhood-1

 Sinopse:

“O filme conta a história de um casal de pais divorciados (Ethan Hawke e Patricia Arquette) que tenta criar seu filho Mason (Ellar Coltrane). A narrativa percorre a vida do menino durante um período de doze anos, da infância à juventude, e analisa sua relação com os pais conforme ele vai amadurecendo.”

Boyhood, os 165 minutos que passei apreciando uma obra de arte. Ele foi filmado durante 12 anos, acompanhando a evolução de uma criança e, também, de sua família. Boyhood é simples e encantador, é suave e bonito, é apaixonante! O enredo é “simples”, vez que o filme é baseado no cotidiano de uma criança e, mais tarde, de um adolescente. Mas isso não é um ponto ruim. Na verdade, é o que faz com que o filme seja tão lindo. Eu o assisti em janeiro pela segunda vez, e me apaixono cada vez mais <3

Obrigada por tudo, gente!

Para me acompanhar nas redes sociais:

Twitter | Tumblr | Facebook | Instagram 

Top 3: filmes de colégio

YAY! Tem indicação de filmes sim! Nessa lista, indiquei 3 filmes que gosto muito e que se passam na escola/ época da escola, já que estamos nesse clima de “volta às aulas” haha.

Curtindo a vida adoidado (1986)

Ferris Bueller é aquele adolescente que não é muito fã de estudar e sempre inventa estar doente só para ficar em casa. Ele está no último ano do colégio e, certo dia, decide tirar um dia de folga com seu melhor amigo (que não gosta da ideia, a princípio), sua namorada e a Ferrari do pai do seu melhor amigo.

Amo esse filme, já perdi a conta de quantas vezes assisti!

O clube dos 5 (1985)

Por razões diferentes, cinco adolescentes são obrigados a passarem o sábado no colégio, tendo que escreverem uma redação de mil palavras sobre o que pensam de si mesmos. Os cinco são bem diferentes, e todos têm seus “rótulos”. O dia juntos, faz com que eles aprendam mais sobre os outros e sobre si mesmos.

Eu sou apaixonada por esse filme, e acho que todos deveriam assistir :)

A mentira (2010)

Olive costumava ser o tipo de garota que ninguém nota na escola. Até que um dia, após ela ter contado uma mentira para sua melhor amiga (Olive inventa uma história, contando que perdeu sua virgindade), as coisas mudam completamente. Em pouco tempo, a escola toda fica sabendo e passa a comentar sobre o que “aconteceu”. Olive meio que perde o controle sobre essa mentira e, a partir daí, sua vida começa ser cercada de histórias inventadas (por ela e por outras pessoas).

É um filme mais recente, e não deixa a desejar. A Mentira retrata muito bem o ambiente escolar, onde cada pessoa tem um rótulo, um grupo, uma “panelinha”, etc..

Eu poderia citar Meninas malvadas, As vantagens de ser invisível, As patricinhas de Beverly Hills, 10 coisas que eu odeio em você, etc.. Mas vou concluir essa lista por aqui, e espero muito que vocês gostem. Me conta nos comentários se você também gosta de algum filme da minha lista :)

 

Para me acompanhar nas redes sociais:

Twitter | Tumblr | Facebook | Instagram 

xoxo

52 Weeks (1.52)

 

2014-07-27 17.13.54

Essa semana, estive pensando em como começar bem esse projeto. Em junho, um amigo (obrigada, Pedro Victor!) me emprestou seus DVD’s do Harry Potter, já que eu nunca havia assistido. Sim, está faltando Harry Potter e a pedra filosofal, Harry Potter e as relíquias da morte pt. 1 e pt. 2, mas esses eu loquei depois. O importante é que eu gostei muito (apesar da série de filmes não ter se tornado a minha favorita).

Bônus: 

2014-07-27 17.14.32

2014-07-27 17.14.54

2014-07-27 17.15.50

2014-07-27 17.16.11

2014-07-27 17.16.49

Espero que tenham gostado das fotos, e que estejam tão empolgados para acompanhar os outros posts assim como estou empolgada para fazê-los :)

Obrigada por tudo, pessoal!

beijos,maria

Mary Poppins e Nanny McPhee

Oi, gente! o propósito desse post era indicar um filme incrível que, por acaso, está em cartaz (Walt nos bastidores de Mary Poppins). Porém, mudei de ideia e decidi falar sobre a tal Mary Poppins e uma outra conhecida de todos nós, Nanny McPhee. Adoro os desenhos e afins da Disney, e, pelo contrário de muitos, não acho que sejam “coisa de criança”.

Mary Poppins 

photo1_146

Mary Poppins é uma adaptação cinematográfica do livro homônimo da escritora australiana P. L. Travers. Mary é uma babá ~que usa uma capa e um guarda-chuva mágico~ contratada pela família  Banks, constituída por Winifred Banks e seu marido, George Banks, um banqueiro frio e distante de seus filhos, Jane e Michael. Mary Poppins (Julie Andrews ) e Bert (Dick Van Dyke), seu amigo, mudam completamente a vida da família. O longa se passa em Londres em 1910.

Em Londres, no ano de 2004, foi estreado um musical baseado na trama. Dois anos depois, em 2006, o musical já estava na Broadway e ficou em cartaz até 2010.

Nanny McPhee

00nplg

Pode-se dizer que Nanny McPhee é a Mary Poppins do século XXI. O filme foi lançado no Reino Unido em 2005 (veio para o Brasil e para os EUA em 2006) e é estrelado por Emma Thompson e Colin Firth. Cedric Brown é um viúvo, trabalha numa funerária, tem 7 filhos e tem um imenso histórico de babás contratadas que não ficaram por muito tempo com a família. Sem saber mais o que fazer com as crianças e prestes a perder a ajuda financeira da tia de sua falecida esposa, Cedric resolve contratar Nanny Mcphee, apesar de não saber onde encontrá-la. Numa noite, a babá aparece “de supetão” e promete fazer com que as crianças malcriadas entrem na linha.

Walt nos bastidores de Mary Poppins 

Walt-nos-Bastidores-de-Mary-Poppins-Poster-nacional

Walt Disney (Tom Hanks) queria adaptar a incrível história de P. L. Travers (vivida por Emma Thompson) desde 1940, quando uma de suas filhas lhe contou que amava o livro. Porém, a teimosa escritora australiana não estava nem um pouco interessada em vender seus direitos para um homem que, provavelmente, tornaria sua bela história em mais um “desenho bobo”. Depois de muitos esforços, a escritora aceita a proposta de Walt e impõe várias condições como “produzir um filme com personagens humanos”. O filme conta o que está por trás do clássico e sugere que personagens como a própria Poppins ou a família Banks, foram baseados em pais e parentes de Pamela Travers.

Essas foram minhas recomendações de hoje, pessoal. Espero que gostem tanto quanto eu!

Beijos, Maria.

Twitter ♥ Instagram

5 filmes que estreiam em 2014.

Oi, gente! 2014 realmente promete, principalmente quando o assunto é cinema. Separei alguns filmes que vão deixá-los ansiosos para suas estreias hahaha.

A Menina que Roubava Livros

Liesel Meminger vai morar na Alemanha com seus pais adotivos durante a Segunda Guerra Mundial. Incentivada por sua nova família e por Max, um judeu refugiado na casa da família, a garota se apaixona pela leitura e começa roubar livros. O filme estreia dia 31 de janeiro.

Trapaça

Irving Rosenfeld (grande trapaceiro) e sua sócia/amante são forçados a colaborar com um agente do FBI. Tudo parece dar certo até que a esposa de Irving, aparece e muda as regras do jogo. O filme estreia dia 07 de fevereiro no Brasil e os comentários até agora são ótimos!

Rio 2

Desta vez, a arara Blue e sua companheira, Jade, têm três filhotes.  Jade tem medo que os filhos não saibam viver como pássaros de verdade. Juntos, a família embarca numa aventura na Amazônia. Como sou apaixonada por animações, não vou perder! Estreia no Brasil dia 28 de março.

Capitão América 2: O Soldado Invernal

Dois anos depois do encontro dos heróis do filme Os Vingadores, o Capitão está tentando se adaptar bem ao mundo moderno quando é chamado para salvar o mundo com a ajuda da Viúva Negra. Para quem gosta de filmes de super heróis, Capitão América 2 promete! Estreia dia 11 de abril.

Os Mercenários 3

O grupo de mercenários encontra com Conrad Stonebanks, um antigo aliado da equipe que, tempos depois, tornou-se traficante. Todos ficam muito surpreso quando o vêem pois pensavam que estivesse morto. Assim, Os Mercenários têm sua última missão. Adoro filmes de ação, e Os Mercenários é um dos meus preferidos. O filme estreia dia 22 de agosto. Não preciso dizer que estou super ansiosa, né?! hehe.